tratamiento escorpión azulescozultratamiento escozultratamiento alternatico contra el cáncerescozul labiofaminformación escozul
Início | Quem somos | Sobre Escozul | Provedores | FAQs| Testemunhos
   
 
ESCOZUL distribuidor internacional

Provedores de ESCOZUL : Distribuidores Internacionais




Quem são os distribuidores internacionais? -São grupos de pessoas que moram fora de Cuba e declaram oferecer ESCOZUL original nos países onde estão localizados. No entanto, nem todos podem demonstrar a origem do ESCOZUL que vendem.

Alguns dizem que o produzem fora de Cuba como se o ESCOZUL pudesse ser feito do veneno de qualquer escorpião. Isso é falso, o ESCOZUL tem que ser produzido em Cuba pois é o único país que onde existe a espécie de escorpião de onde se faz o medicamento.

Atualmente os únicos produtores do ESCOZUL concentrado que cumprem com as propriedades anticancerígenas, encontram-se em Cuba, nas províncias Matanzas e Guantánamo. Então, como é que existem tantos produtores de ESCOZUL em México, Colômbia, Argentina, USA, Panamá? Quem são e que oferecem essas pessoas?

Somente, aproveitam a popularidades e as propriedades do ESCOZUL e se dedicam à comercialização ilegal de um suposto ESCOZUL do qual não pode se verificar a origem cubana.

Alguns deles obtêm o ESCOZUL concentrado em Cuba mas depois o diluem para vender mais e desenvolvem uma campanha mediática sobre o produto. Ao diluir tanto o ESCOZUL fazem com que perca seu efeito. Também é possível que estejam utilizando o veneno de outras espécies de escorpiões para produzir um falso ESCOZUL.

Como trabalham.-De forma geral esses provedores baseiam suas atividades na manipulação da informação através dos seus sites onde promovem o uso do veneno do escorpião azul.

A seguir falaremos nos grupos dos quais temos comprovado que oferecem informação falsa e não são confiáveis.


México:

1) O grupo Corporativo Atlas gerencia várias webs mexicanas que respondem a um mesmo provedor de "ESCOZUL"e o produto é vendido para um período de dois meses pelo valor de 4400 pesos mexicanos. A web de referencia é www.ESCOZULmx.org, mas existem outras similares (leia mais informação). Essas pessoas possuem uma rede de comercialização no México e também vendem ESCOZUL em Venezuela, Equador e Estados Unidos. Aliás, declaram abertamente nos seus sites que eles se propõem abrir as fronteiras da comercialização e estimulam a qualquer pessoa no mundo a se tornar distribuidor do ESCOZUL.)

2) O grupo Dellser, liderado pelo Antonio Duek e a Diana Arus, que gerenciam o site www.ESCOZUL.com. Dellser é um centro de saúde mexicano dedicado ao trabalho com terapias baseadas em produtos naturais. Em diversos sites é declarado que Dellser tem um acordo com LABIOFAM para promover no México seus produtos de saúde, dentre eles o ESCOZUL, o que é completamente falso (leia mais informação).



Panamá:No começo de 2007 publicamos a seguinte informação com base nos testemunhos de pacientes e na web da corporação Escorpión Azul S.A www.escorpionazul.com O site foi fechado de forma imediata e não foi mais possível acessá-lo e atualmente não existe o que demonstra que tudo que foi dito sobre eles era certo. Nenhuma empresa tem acordos de distribuição com os laboratórios do governo cubano.

"Os donos da corporação panamenha Escorpión Azul S.A. declaram possuir uma clínica onde oferecem diagnósticos e tratamento alternativo com ESCOZUL aos pacientes com câncer. Na sua web asseveram possuir um contrato de distribuição do ESCOZUL com LABIOFAM, o que é completamente falso. Também no seu site comunicam que a sua missão é investir na investigação e no desenvolvimento de medicinas alternativas naturais tais como ESCOZUL, e para atingir esse objetivo serão reinvestidos 80% dos seus benefícios totais. No entanto, esse site panamenho e os seus autores tem sido desacreditados várias vezes através da Internet. Bernard Campo e Ruben Tribaldos, os líderes da corporação vendem um veneno de escorpião azul de baixa qualidade. Eles ministram ESCOZUL para um período de três meses pelo preço de $1.200 dólares".



Colômbia: Silicon Standford é um laboratório farmacêutico homeopático localizado em Colômbia que oferece serviços de medicina tradicional cubana e medicina homeopática alternativa. Dentre seus produtos encontra-se o ESCOZUL, mas devido a natureza homeopática do produto, é mais lógico pensar que produzem uma variante homeopática do veneno, o que não seria ESCOZUL mas VIDATOX. No entanto,o ESCOZUL que produzem não é original, pois tem como base princípios ativos e métodos de elaboração diferentes ao ESCOZUL cubano. O laboratório colombiano produz um ESCOZUL homeopático que não tem baseamento científico pois a solução que elaboram está diluída 5000 vezes em água.. É claro que ‘’um medicamento homeopático não requere para sua comercialização de registro sanitário’’, segundo declaram na sua web. Aliás, na elaboração do medicamento declaram utilizar o veneno do escorpião cubano Rhopalurus junceus misturado com o veneno de outro escorpião chamado Prionurus australis. Certamente isso ai não é ESCOZUL pois o ESCOZUL que se produz em Cuba somente contem o veneno do escorpião cubano e não é uma solução homeopática. O efeito do ESCOZUL está demonstrado para o consumo do medicamento por via oral em forma líquida, pois todos os ensaios bioquímicos têm sido feitos dessa forma, no entanto, Silicon Stanford produz ESCOZUL em forma de creme tópico, pílulas vaginais e spray nasal. Certamente esse laboratório produz um medicamento sem validade nenhuma. O custo do tratamento é 300 dólares mensais.



Argentina: Na sua web www.escozulargentina.com eles declaravam (já não existe) ter autorização do Misael Bordier para distribuir o ESCOZUL na Argentina. No entanto, se desconhece se depois da morte do Bordier, essas pessoas continuam a ter autorização para distribuir e vender o ESCOZUL de Guantánamo. O tratamento para um mês consta de dois frascos de 900 cc de concentração desconhecida e que ainda deve ser diluído mais cinco vezes antes de tomá-lo. O preço mensal do tratamento é de 175 dólares.


Estados Unidos: Sherry LeRoux, paciente de câncer exitosamente tratada com ESCOZUL, declara possuir a clínica Cancer Hope Research em Las Vegas (Nevada). Têm uma web que costuma oferecer informações muito ambíguas. Quando publicamos o nosso site nos começos de 2007 postamos a seguinte informação:

"aparenta funcionar como uma clínica receptora que avalia os pacientes com câncer e remite-os a LABIOFAM em Cuba, onde segundo declaram serão tratados por vários doutores dentre eles o Dr. Ruben Tribaldos. Tribaldos não é doutor e não é cubano, mas é sim um dos donos da duvidosa corporação panamenha chamada Escorpión Azul S.A. Também é mencionado no site da Cancer Hope Research que os pacientes poderão ser tratados tanto em Havana, quanto no Panamá. Certamente, não existe ligação entre Cancer Hope Research e os laboratórios cubanos. Mas é possível que sim exista ligação entre Sherry LeRoux e Escorpión Azul SA em Panamá. No site é esclarecido que no caso dos pacientes que não tenham condição de viajar, o ESCOZUL lhes será tramitado através da Cancer Hope Research. Eles dizem ter clínicas em México, América do Sul, Las Vegas e Nevada"

Essas informações ficaram demonstradas, pois após a publicação do nosso site nos começos de 2007, os donos da Cancer Hope Research dedicaram-se a apagar todas as evidências aqui mencionadas e tiraram o nome dos laboratórios cubanos de todas as suas páginas. Retiraram as fotos onde aparecia o panamenho Ruben Tribaldos, indicado por eles com médico especializado no tratamento de pacientes com câncer. Agora asseveram que o ESCOZUL é o mesmo usado na clínica de Bordier e na Cancer Hope Research. Pretendem dizer que o ESCOZUL que vendem pelo valor de $2.400 dólares mensais provém de uma clínica inexistente do grupo de Guantánamo (Cuba). A web já não existe , mas existem vários depoimentos na Internet sobre a reputação de Sherry LeRoux e sua clínica


ENLACES

Localización

+ México

+ Colombia

+ Argentina

+ Panamá

+ USA